PRESÃO INTERNACIONAL PARA O ACORDO DE PAZ

12-07-2011 18:11

Ramallah, 12 de julho (EFE) .- A falta de uma declaração do Quarteto, exortando israelenses e palestinos que retomem as negociações é "apenas mais uma razão para participar da ONU" para pedir a entrada como membro da organização internacional, disse chefe negociador palestino, Saeb Erekat, disse à Agência Efe.
"Ninguém vai nos impedir de ir para a ONU. Existem mais de 150 países que reconheceram a nós e vamos continuar o nosso objetivo, sem sucumbir a qualquer pressão. É a nossa decisão final, consultar com nossos irmãos árabes na próxima reunião do Comité de Acompanhamento ( Liga Árabe) ", disse Erekat.
O Quarteto para a Paz no Médio Oriente (composto por EUA, Rússia, UE e ONU) reuniu-se ontem em Washington para consolidar posições antes da data crítica de Setembro, a Autoridade Nacional Palestina (ANP) pretende trazer pedido para a ONU, o primeiro aniversário do início do processo de paz descarrilou defendido pela Casa Branca.
No entanto, os membros do Quarteto sentiu a necessidade de "mais trabalho em privado" com as partes envolvidas para "fechar buracos" nas posições de cada um antes de entregar uma declaração conjunta.
Os participantes na reunião, o secretário de Estado, Hillary Clinton, o Alto Representante da UE, Catherine Ashton, o secretário geral da ONU, Ban Ki-moon, o ministro do Exterior russo Sergei Lavrov, eo enviado de Quarteto e ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair vai continuar hoje a debater uma fórmula para trazer a paz à região.
Antes da reunião de ontem em Washington, o principal negociador palestino tinha exortou o Quarteto para forçar Israel a cumprir com os princípios da solução de dois Estados e parar de se expandir os assentamentos judaicos em território palestino ocupado.
"Se o Quarteto quer retomar negociações de paz, o governo israelense deve ser forçado a aceitar a solução de dois Estados e suspendendo as colônias", Erekat disse à emissora de rádio "Voz da Palestina". EFE

http://www.google.com.br/

www.impactodaprofecia.webnode.com.br